Novidades

Pe. Pio e o “aggiornamento”

Um aspecto pouco conhecido da sua santidade: a sua recusa clara e nítida da reforma litúrgica e do “aggiornamento” do Concílio Vaticano II

Pe. Pio de Pietrelcina

Pe. Pio de Pietrelcina

[Por ocasião da recente canonização do Padre Pio, publicamos a seguir um extrato do artigo do frei João, capuchinho de Morgon, França (artigo publicado na Carta aos amigos de São Francisco, n° 17, de 02.02.1999)]:

Modelo de respeito e de submissão a seus superiores eclesiásticos e religiosos, em particular por ocasião das perseguições contra ele próprio, o Padre Pio de Pietrelcina não podia ficar mudo ante um desafio nefasto à Igreja.

Antes mesmo do fim do concílio, em fevereiro de 1965, anunciaram-lhe que seria preciso em breve celebrar a missa segundo um novo rito “ad experimentum”, em língua vulgar, e elaborado por uma comissão litúrgica conciliar para responder às aspirações do homem moderno.

Antes mesmo de ter o seu texto sob os olhos, escreveu imediatamente a Paulo VI, pedindo-lhe fosse dispensado dessa experiência litúrgica e pudesse continuar a celebrar a Missa de São Pio V.

Tendo-se o cardeal Bacci deslocado para lhe levar esta autorização, Padre Pio deixou escapar esta queixa para o enviado do Papa: “O Concilio, por piedade, acabai com ele depressa!”

No mesmo ano, na euforia conciliar que prometia uma “nova primavera” para a Igreja e para o mundo, confiava a um de seus filhos espirituais: “Rezemos nesta época de trevas. Façamos penitência pelos eleitos.” E sobretudo por aquele que deve ser o supremo pastor da Igreja católica: toda a sua vida ele “se imolará” pelo Papa reinante, cuja fotografia figurará sempre entre as raras imagens da sua cela.

Quão significativas outras cenas: estas reações em face do “aggiornamento” que as ordens religiosas assimilaram no dia seguinte ao Vaticano II (citações extraídas duma obra munida de Imprimatur):

“O Padre Geral (dos franciscanos) veio de Roma antes do capítulo especial para as constituições, em 1966, para pedir ao Padre Pio orações e bênçãos. Encontrou o Padre Pio no corredor do convento: ‘Padre, vim para vos recomendar o capítulo especial para as novas constituições…’ Apenas ouviu “capítulo especial”, Padre Pio fez um gesto violento e gritou: ‘Não são senão parlapatices e ruínas!’ — ‘Mas que quereis, Padre? As novas gerações… os jovens evoluem à sua maneira… há novas exigências…’ — ‘É o cérebro e o coração que faltam, eis tudo, a inteligência e o amor’.”

Em seguida avançou para a sua cela, deu meia-volta, e apontou o dedo dizendo: “Não nos desnaturemos, não nos desnaturemos! Quando Deus nos julgar, São Francisco não nos reconhecerá como filhos!”

Um ano depois, a mesma cena para o “aggiornamento” dos capuchinhos: “Um dia, confrades discutiam com o Padre Definidor Geral sobre a Ordem, quando o Padre Pio, tomando uma atitude espantosa, se pôs a gritar ao mesmo tempo que fixava o olhar longe: “Mas que estais prestes a fazer em Roma? Que combinais vós? Quereis mesmo mudar a Regra de São Francisco!” E o Definidor diz: “Padre, propõem-se estas mudanças, porque os jovens nada querem saber da tonsura, do hábito, dos pés descalços…” — “Expulsai-os! Expulsai-os! Mas quê? São eles que vão fazer um favor a São Francisco ao tomar o hábito e ao seguir o seu modo de vida, ou é antes São Francisco que lhes faz um grande dom?”

Se se considera que o Padre Pio foi um verdadeiro alter Christus, que toda a sua pessoa, corpo e alma, foi tão perfeitamente conforme quanto possível à de Jesus Cristo, esta recusa nítida das inovações da Missa e do “aggiornamento” deve ser para nós uma lição que reter.

É também notável que o Bom Deus tenha querido lembrar-se dele, seu fiel servidor, pouco tempo antes da imposição implacável das reformas do Concílio no seio da Igreja e da ordem capuchinha. E que Katarina Tangari, uma das suas filhas espirituais mais privilegiadas, tenha apoiado tão admiravelmente os padres de Ecône até à sua morte, um ano após as sagrações episcopais.

E Padre Pio ainda era menos complacente em face da ordem — ou antes da desordem — social e política: “confusão de idéias e reino dos ladrões” (em 1966). Profetizou que os comunistas chegariam ao poder “por surpresa, sem desfechar golpe… Nós nos daremos conta disso da noite para o dia”. Chegou a precisar até, a Monsenhor Piccinelli, que a bandeira vermelha flutuaria sobre o Vaticano, “mas isso passará”.

Ainda aqui a sua conclusão coincide com a da Rainha dos Profetas: “Mas por fim o meu Coração Imaculado triunfará!” Como? Pela onipotência divina, certamente, mas provocada pelas duas grandes forças do homem: a oração e a penitência.

Foi a grande lição que Nossa Senhora nos quis lembrar com insistência, em Fátima, no princípio deste século: Deus quer salvar o mundo pela devoção ao Coração Imaculado de Maria, e não há nenhum problema, material ou espiritual, nacional ou internacional, que não possa ser resolvido pelo Santo Rosário e pelos sacrifícios.

3 comments

  • Olá, eu Francisco Wesley dos Santos (leigo), mais dois Frades Capuchinhos, estamos pretendendo fundar um Convento Capuchinho Tradicional, segundo as Constituições de 1536, a exemplo dos Frades Capuchinhos de Morgon. Mas para darmos inicio a esta empreitada precisamos de, no mínimo, 10 candidatos, para recebermos o direito diocesano e nos estabelecermos como comunidade. Não estamos querendo fundar uma nova ordem Capuchinha, mas reforma-la nos parâmetros da Tradição, volta-la ao que ela foi em seus primórdios.
    Gostaria da ajuda de seu blog para divulgar esta empreitada aos jovens tradicionais que queiram, assim como nós, viver o Carisma Franciscano Capuchinho, de forma mais austera, conforme as constituições de 1536.
    Peço que divulguem esta empreitada e o meu e-mail par contato (wesleyfilhodemaria@yahoo.com), e rezem por nós, para que possamos trazer de volta a Tradição para a vida religiosa no Brasil.

  • O texto é muito bom e acredito ser verídico. Contudo, não se pode utilizá-lo como argumento para nada sem a citação das fontes.
    Se algum leitor souber mais detalhes sobre as obras em que encontram-se registrados estes fatos, ou mesmo esta ” Carta aos amigos de São Francisco, n° 17″, ficaria sinceramente grato se postassem aqui os nomes dos livros/sites.

  • gosto dimais de meditar sobre a vida de santo padre pio.a suaprofundidade me encanta,faço novena constante,intersedendo a ele,um pouco de sua santidade.no mundo moderno onde tudo,e permitido,me angustia porque nao consigo ver religiao assim,tenho sede de deus pra min,e pra minha familia.

Comentários

Últimos Tweets

  • marcelbarbozaEm breve, nova Loja Virtual! Aproveitem, pois o frete grátis vai acabar. :-( about 311 days ago
  • marcelbarbozaPortal da Associação Cultural Santo Tomás quase 100% atualizado e corrigido. about 417 days ago
  • marcelbarbozaEstamos enfrentando problemas na exibição das postagens do portal da Associação Cultural Santo Tomás. Aguardem. about 523 days ago
  • marcelbarbozaConheçam a nova página do Prof. Carlos Nougué. Questões Gramaticais. http://t.co/yW4fVws1KF about 923 days ago
  • marcelbarbozaUma das novidades que virão: "Um chefe!", biografia de Garcia Moreno, próximo livro das Edições Santo Tomás. Aguardem! about 972 days ago
  • marcelbarbozaPágina no facebook da Associação Cultural e Edições Santo Tomás no ar! about 972 days ago
  • marcelbarbozaAté o fim do carnaval (possivelmente) estará no ar o novo site da Associação Cultural Santo Tomás e Loja Virtual. about 1014 days ago
  • marcelbarboza@portadosfundos bem que podia levar um processo bem dado pra largar de ofender a religião católica. Algum advogado decente se prontifica? about 1297 days ago
  • marcelbarbozaRT @lobaoeletrico: Acabo de saber que o Roda Viva ,através de Mário Sérgio Conti ,bloqueia definitivamente a minha participação no programa… about 1306 days ago
  • marcelbarboza@JornalOGlobo o mais correto seria dizer: não ligamos pra valores, pra família, pra Religião... E a julgar pelo silêncio, ninguém mais liga. about 1307 days ago
  • marcelbarbozaRT @DaniloGentili: O que dá o cruzamento de um ateu com um Testemunha de Jeová? Alguém que bate na sua porta sem motivo algum. about 1307 days ago
  • marcelbarbozaRT @marchidaniel: LOBÃO [ @lobaoeletrico ] lançará seu livro em Brasília no dia 13/05 às 19h00, na FNAC do ParkShopping. Imperdível! http:/… about 1311 days ago
  • marcelbarbozaCaridade nunca é demais. http://t.co/J4aXoWfWDi about 1311 days ago
  • marcelbarbozaEste é meu primeiro "twit" (sei lá como se escreve isso). Em breve, novidades. about 1316 days ago